Atenção Vagas Abertas na República Federativa do Brasil

Atenção Vagas Abertas na República Federativa do Brasil

Music Shows

 
Starting At:

Monday Oct 01 04:00 AM 2018

Ending At:

Monday Oct 01 11:30 PM 2018

 
Venue:

Brazil

Description

Compartilhe, com seus amigos(a) e os convide para o evento que temos um tempo hábil ate 2016 e ate 2018 para escolher um representante que nos Represente de verdade. talvez algum candidato adere a ideia e com isso comecemos um novo BRASIL. o salário dos senadores e deputados federais subiu de 16.512,09 reais para 26.723,13 reais. Parece alto. É muito maior. Engordado por truques legais e filigranas jurídicas, o valor que os parlamentares brasileiros embolsam mensalmente ultrapassa com folga a faixa dos 100 mil reais. 0 Além do registrado na folha de pagamento, os 81 senadores, por exemplo, têm direito à verba indenizatória de 15 mil reais, verba para transporte aéreo de até 27 mil reais, cota de telefone fixo (1.000 reais), celular (ilimitado), auxílio-moradia (3.800 reais), combustível (520 reais), entre outros benefícios. Os números foram extraídos de um levantamento do site Congresso em Foco divulgado em julho deste ano, com base em informações da Câmara, do Senado e da Ong Transparência Brasil. “O valor ainda pode aumentar com a incorporação de serviços e cotas difíceis de mensurar”, ressalva o Congresso em Foco lembrando que os 513 deputados recebem ainda 14º e 15º salários (com o codinome de “ajuda de custo”). Também há o chamado “cotão” mensal, de até 35.512,09 reais, que pode ser desperdiçado com fretamento de aeronaves, combustível, assinatura de publicações e outras miudezas. Plano de saúde – A farra com dinheiro público não para por aí. Congressistas, ex-congressistas (mediante o pagamento mensal de 200 reais), cônjuges e dependentes tem direito a um plano de saúde que reembolsas despesas médicas e odontológicas ilimitadas. De acordo com a ONG Contas Abertas, os gastos com serviços médico-hospitalares, odontológicos e laboratoriais do Senado quase duplicaram neste ano, em relação a 2009. O benefício inclui o pagamento de cirurgias e tratamento médico no exterior. Até o dia 11 de novembro, a despesa havia alcançado 40,6 milhões de reais. Para ficar num exemplo de como os beneficiários do plano gastam com saúde, a apresentadora de TV Paula Lobão, mulher do suplente de senador Lobão Filho, herdeiro do ex-ministro Edison Lobão, gastou 26 mil reais num tratamento odontológico no começo deste ano. Presidente, vice-presidente e ministros de Estado - Inflado pelo reajuste superior a 130%, o salário do presidente da República e do vice-presidente também atingiu o teto de 26.723,13 reais. Parece alto. É muito maior, se forem incluídas as despesas bancadas pelo estado com moradia, alimentação, transporte, serviços médicos segurança, escritórios regionais. Em 2010, o cartão corporativo da Secretaria de Administração da Presidência da República, que responde por todos os gastos envolvendo o presidente e a primeira-dama, consumiu 5.570.316,80 reais – só para ficar com os valores protegidos por sigilo. Os gastos secretos da vice-presidência foram de 555.053,47 reais. Os ministros de Estado, cujos salários serão equiparados ao teto, continuarão a aumentar a remuneração mensal com a participação em conselhos de empresas estatais. A lei 9.292, de julho de 1996, ressalva apenas que o valor “não excederá, em nenhuma hipótese, a dez por cento da remuneração mensal média dos diretores das respectivas empresas”. Quando chefiava a Casa Civil, por exemplo, Dilma Rousseff elevava o salário de 11.400 reais para 23 mil reais por participar dos conselhos da Petrobras e da BR Distribuidora. Os gastos com moradia, serviços médicos e odontológicos (incluindo dependentes), passagens e deslocamentos, entre outros, são integralmente cobertos com dinheiro público. Ministros do STF - A legislação estabelece que o maior salário é sempre o dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Até o momento, eles recebem 26.723,13 reais. Parece alto. É muito maior. Cada um dos 11 ministros do STF pode gastar 614 reais por dia em viagens dentro do território nacional e 485 dólares por dia em viagens internacionais. Se o magistrado não morar em apartamentos funcionais, o auxílio-moradia é de 2.750 reais. Os ministros também têm direito a um carro oficial com motorista – os gastos com combustível são ilimitados – e oito cargos comissionados. Em troca de um valor que não ultrapassa os 211,49 reais, os ministros e seus dependentes têm um plano de saúde que abrange cobertura médica e odontológica integrais. Depois de aposentados compulsoriamente (quando completam 70 anos), os ministros continuam a receber o salário integral. Em caso de aposentadoria antecipada, o valor do subsídio é proporcional ao tempo de serviço. Efeito cascata - Essas despesas não incluem os gastos com os quase 36 mil funcionários públicos do Legislativo, 1.106 servidores do STF, 23.172 da Justiça Federal, 33.503 da Justiça do Trabalho e tantos outros cargos comissionados – população superior à de centenas de cidades brasileiras. “O maior problema do aumento do salário de deputados e senadores é que ele pode contagiar a máquina estatal e se estender para todos os setores do governo”, adverte Raul Velloso, especialista em contas públicas. “Os sindicatos, por exemplo, têm um balcão de negociação permanente no Ministério do Planejamento. O aumento nos salários dos parlamentares abre o precedente para o aumento nos salários do funcionalismo público”. O último reajuste do Legislativo, que catapultou o salário de R$ 12 mil para R$ 16.512,09 por mês, ocorreu em 2007. Nos últimos três anos, a inflação não chegou a 20%. Para os congressistas, o salto desta quarta-feira foi de 61,8%. Presidente, vice-presidente e ministros quase triplicaram a arrecadação mensal. O salário mínimo está em 510 reais. Com sorte, chegará a 540 reais em 2011. Em 2010, o cartão corporativo da Secretaria de Administração da Presidência da República, que responde por todos os gastos envolvendo o presidente e a primeira-dama, consumiu 5.570.316,80 reais http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/o-salario-dos-politicos-parece-alto-e-muito-maior e isso ate 15/12/2010 -------------------------------------------------------------------------------- Em 20/07/2014 Salários e benefícios de deputados e senadores passam de R$ 1 bilhão ao ano Conforme o levantamento de dados feito pelo site Congresso em Foco, os custos de manutenção dos salários e dos benefícios dos deputados e senadores do Brasil passam de R$ 1 bilhão ao ano (e estamos falando de um total de 594 pessoas). As despesas oficiais dos deputados somam, individualmente, R$ 143 mil reais ao mês, enquanto no caso dos senadores esse valor sobe para os R$ 160 mil mensais. Salários e benefícios de deputados e senadores passam de R$ 1 bilhão ao ano No final de 2014, o Brasil terá gasto R$ 1,1 bilhão para pagar os seus deputados e senadores (R$ 939,2 milhões para os 513 deputados e R$ 164,8 milhões para os 81 senadores). De acordo com a média, cada deputado possui o custo de R$ 1,8 milhão por ano e o senador de R$ 2 milhões. No chamado recesso parlamentar branco, que começou ontem (18/07) e vai até as eleições de outubro, serão gastos R$ 228 milhões no período de 79 dias, sendo que os senadores só vão se reunir para votar em projetos quatro dias. Os cálculos do Congresso em Foco incluem o subsídio parlamentar, que é de R$ 26,723 ao mês e diversos outros benefícios que os políticos recebem, como auxílio-moradia, verba de gabinete para contratar mais de 20 funcionários, verbas para bancar passagens aéreas, locação de veículos, serviços de segurança, combustíveis, correspondência, telefones, além de ressarcimentos médicos e odontológicos. http://www.rtvcanal38.com.br/2014/07/21/salarios-e-beneficios-de-deputados-e-senadores-passam-de-r-1-bilhao-ao-ano/ -------------------------------------------------------------------------------- Com base nesses dados decidimos ( o povo brasileiro ) fazer uma limpa no serviço Publico e ver quem realmente tem vontade de mudar esses quadro de descaso com a população, e encontrar pessoas que nos Represente de verdade. Vagas disponíveis para; Prefeito e Vereador a partir de 2016 e para 2018 Dep. Estadual, Dep. Federal, Senador, Governador e Presidente. As vagas são destinadas as pessoas que realmente querem Representar a população do Brasil, em Brasília e nos demais estados do território Nacional. Presidente da República – 1 vaga O cargo de Presidente da República é atribuído ao candidato que ganhar as eleições por maioria absoluta, o que equivale a mais de 50% dos votos válidos, excluídos os votos em branco e os nulos. Caso nenhum candidato consiga maioria absoluta, realiza-se o segundo turno. O Presidente da República exerce as funções de Chefe de Estado e Chefe de Governo, e é a autoridade máxima do Brasil. Sua residência oficial fica situada em Brasília, no Distrito Federal. A o atributos de nomeações a ministério e secretarias. Essas tarefas foram extinta porque nos governos passados essas nomeações virarão um balcão de negocio e nos deu um roubo nos cofres públicos que vamos demorar para recupera-los, portando as cargos de ministros e secretários vão ser ocupados por pessoas altamente qualificadas e com o processo de concurso publico de carreira, e neutras ao presidente para que não aja corrupção e os serviços sejam bem feitos. As nomeações de ministros do STF serão feitas pela OAB | Ordem dos Advogados do Brasil para que tenhamos juízes neutros nos julgamentos e sem nem uma influencia da Presidência O tempo de mandato é de cinco anos e não poderá se reeleger. Governador – 1 vaga por Estado. É o representante máximo do poder executivo de um Estado e exerce a direção superior da administração. Cada Estado brasileiro irá eleger um governador, Seu salário depende do Estado que comandam, A os atributos de nomeações a secretarias do estado, essas tarefas foram extintas, porque nos governos passados essas nomeações virarão um balcão de negocio e nos deu um roubo nos cofres públicos que vamos demorar para recupera-los, portando as cargos de ministros e secretários vão ser ocupados por pessoas altamente qualificadas e com o processo de concurso publico de carreira, e neutras ao presidente para que não aja corrupção e os serviços sejam bem feitos. As nomeações de ministros do STF do estado serão feitas pela OAB | Ordem dos Advogados do Brasil para que tenhamos juízes neutros nos julgamentos e sem nem uma influencia do Governador. O tempo de mandato é de cinco anos e não poderá se reeleger. Senador – 2 vagas por Estado. Têm funções legislativas, fiscalizadoras, autorizativas, julgadora e aprovadora de autoridades. O tempo de mandato é de cinco anos e não poderá se reeleger. Prefeito – 1 por Município. É o último cargo do poder executivo. Ele é o responsável por administrar o município, governa a cidade junto com os vereadores, buscando qualidade de vida aos habitantes do município, reivindicando convênios, benefícios, auxílios, intermediando com outras esferas do poder. Sua missão é atender a comunidade, ouvindo suas reivindicações e anseios. A remuneração do Prefeito mensal varia de estado para estado. O tempo de mandato é de cinco anos e não poderá se reeleger. Vereador – O número de vagas nas câmaras é proporcional à população do município (variando de 9 a 55) vai atuar no município na esfera do poder Legislativo. Sua função é aprovar leis concernentes a vida da cidade, como transporte público, vias públicas, fiscalização sanitária entre outros. Elaboram projetos, aprovam ou não leis que serão avaliadas na câmara durante as sessões. O vereador também pode ocupar a função de fiscal do povo, apontando, denunciando, apurando erros e desfalques nas contas públicas, por exemplo. O tempo de mandato é de cinco anos e não poderá se reeleger. Dep. Estadual – Na Assembleia Legislativa o número de vagas é proporcional à população do Estado (variando de 24 a 71) representa o por legislativo e faz parte da Câmara dos Deputados. É o representante nacional popular, eleito por voto direito. Tem como principais funções as de legislar e fiscalizar os gastos públicos na esfera nacional. A remuneração do Deputado Federal varia de estado para estado. O tempo de mandato é de cinco anos e não poderá se reeleger. Dep. Federal – O número de vagas Câmara dos Deputados proporcional à população do Estado (variando de 8 a 70) ou Distrital é eleito pelo sistema proporcional para integrar a Assembleia Legislativa Estadual, o principal órgão do Poder Legislativo em cada Estado. As funções dos Deputados Estaduais equivalem as dos Federais, mas com aplicação no Estado. O número de deputados estaduais corresponde ao triplo da representação do Estado na Câmara dos Deputados. Seu salário só pode ser fixado no máximo em 75% do estabelecido para os Deputados Federais. O tempo de mandato é de cinco anos e não poderá se reeleger. -------------------------------------------------------------------------------- REQUISITOS PARA OS CARGOS: Ter uma formação em curso superior em qualquer área, não ser Político, porque O Brasil esta cheio dos mesmos e não aguenta mais velos roubando o dinheiro do povo e abusando do poder que os foi dado. Ter boa índole, ser honesto, ter espírito de liderança e responsável. Benefícios: ate a ultimas eleições o governo concebia os benefícios, mas como os políticos não souberam nos Representar bem ( decidimos cortar todas as regalias ). Remuneração: salários que variam de R$ 7mil a R$ 26.723,13 Reais. Suplentes: Por se tratar de pessoas que não receberam votos e não tem utilidade nem um, quer dizer um gasto a mais nos cofres públicos estes cargos foram extintos. Assessores: por que tratar de um cargo de nomeação o pagamento do salário do mesmo não será mais do governo e sim do contratante no caso os eleitos. Impressões e materiais: fica por conta do Representante. Ajuda de custo. *Nenhuma. Cotão: *Nenhuma. Auxílio-moradia: *Nenhuma. Saúde: fica por conta do Representante. Verba de gabinete: *Nenhuma. Ressarcimento de qualquer natureza: *Nenhuma. VERBA INDENIZATÓRIA: *Nenhuma. COTA POSTAL: *Nenhuma. VALE-TRANSPORTE AÉREO: *Nenhuma. Legenda: *Nenhuma: corresponde a indignação que o povo brasileiro tem pela política e pelos políticos que temos hoje, um descaso total com a população que cansou de esperar, e decidiu fazer uma limpa no serviço publico. Para que o pais seja mais digno de primeiro mundo e de igualdade para todos. Temos um pais tão lindo e rico. Mas uma população desamparada por seus políticos. O que queremos são pessoas com disposição de nos representar sem ter nem um tipo regalias. Compartilhe com seus amigos(a) temos um tempo hábil ate 2016 e ate 2018 para escolher um representante que nos Represente de verdade. talvez algum candidato adere a ideia e com isso comecemos um novo BRASIL.

Contact Us

Web Directory